PESQUISA



Pesquisa Avançada

PRÓX. LANÇAMENTOS

* NOVO TELEFONE (21) 2557-3960

comprovantes pgto enviar por e-mail (beatriz@anep.com.br)

A Esquemateca Vitória fechou. O Sr pode tentar mandar e-mail para o Jone( jone-fs@hotmail.com)

fone 21 2516-0802) ou Vivo(21) 99748-8419 (Whatsapp). Endereço: Rua Alexandre Mackenzie 40 Centro –

20221-410 Rio de Janeiro, RJ

A pessoa que recebeu o acervo da ESBREL já conseguiu digitalizar parte do material. Ele se chama

J R Mano-manorc1@manorc.com.br. (51) 9731-1158 (WhatsApp)

Tem também uma firma em Caxias chamada EPEL fone(21) 2772-4838 (atepel@atepel.com.br) que vende esqu

Endereço: Av Duque de Caxias 190 loja Centro -25070-070 Duque de Caxias, RJ

NEWSLETTER

Fique sabendo das novidades da Editora Antenna através do nosso Newsletter!

Cadastre-se aqui!

SEJA NOSSO AUTOR

Venha ser um autor da Editora Antenna! Para obter maiores informações a respeito, clique aqui.

ENQUETE

Como você chegou até nosso site?


Resultados


CADASTRO

Seja nosso cliente e aproveite todas as vantagens do site!

Cadastre-se agora!

LOGIN

REVISTAS

DETALHES DO LIVRO



Como Utilizar os Multímetros Digitais


Fábio Flosi



225 páginas - 1ª edição - 2003


ISBN: 857036041X


Formato: 16 X 23 cm


Referência: AN-5345


*** Não Disponível! ***


indicar para um amigo


Esta publicação essencialmente prática, dedicada totalmente ao funcionamento e às aplicações de um instrumento de teste e medição cujo uso já se tornou universal na área da Eletro-Eletrônica: MULTÌMETRO DIGITAL ou DUM (Digital Multi Meter).

Os Manuais de Instrução (ou Manuais de Operação) que são fornecidos quando da compra dos multímetros digitais, por natureza, são pouco detalhados, preocupando-se apenas em apresentar um resumo das características/ especificações / limitações desses instrumentos, junto com algumas informações gerais sobre o seu uso. COMO UTILIZAR OS MULTÍMETROS DIGITAIS tem exatamente o objetivo de ampliar as informações encontradas em tais manuais.

Neste livro são apresentados, com detalhes, as características, as especificações e as limitações, o princípio básico de funcionamento, as medições principais
(tensões, resistências, intensidades de corrente), bem como uma série de medições e testes (resultados reais, com todos os valores obtidos sendo apresentados na forma de tabelas) feitos em componentes eletrônicos (desde um pequeno diodo retificador até circuitos integrados simples, como um regulador de tensão e um fotoacoplador. Instrumentos mais sofisticados, como aqueles com seleção automática de alcances (AUTO-RANGE DMM), com gráfico de barras (BAR GRAPH DMM), com leitura do valor eficaz verdadeiro de tensões e intensidades de corrente alternadas (TRUE RMS DMM), com interface de comunicação serial para conexão em um microcomputador (RS232C DMM), etc., também são analisados nesta obra, em termos de usos e aplicações práticas.

Eis alguns números relacionados com o conteúdo do livro COMO UTILIZAR OS MULTIMETROS DIGITAIS : com um total de 226 páginas, agrupadas em 12 capítulos,são apresentadas 168 ilustrações (42 tabelas + 126 figuras).

Em resumo, COMO UTILIZAR OS MULTIMETROS DIGITAIS mostra tudo aquilo que o leitor necessita saber para utilizar um medidor desse tipo, logo após retirar o instrumento da caixa, quando da sua compra. É um complemento ampliado do manual de instrução do instrumento, dedicado a todos aqueles que necessitam fazer testes e medições na área da Eletro-Eletrônica.

Capítulo 1
As Grandezas Elétricas Principais:Quais são e como Medí-las
1.1 As Grandezas Elétricas Fundamentais e suas unidades de Medida
1.2 Múltiplos e Submúltiplos das Unidades de Medida
1.3 Noções Básicas sobre a Medição das Grandezas Elétricas
1.3.1 Medição de Tensão
1.3.2 Medição de Intensidade de Corrente
1.3.3 Medição de Resistência
1.4 Tipos de Tensões e Correntes
1.4.1 Tipos de Tensões e Correntes Contínuas
1.4.2 Tensões e Correntes Alternadas
1.4.3 Simbologia
1.4.4 Características das Tensões e Correntes Alternadas
1.4.5 Freqüência de uma Onda Senoidal
1.5 Outras Grandezas Elétricas
1.6 Bibliografia

Capítulo 2
Principais Tipos, Especificações e Características
2.1 O que é um multímetro?
2.2 Classificação dos Multímetros
2.3 Os Multímetos Analógicos
2.3.1 O Multímetro Analógico Não-Eletrônico
2.3.2 O Multímetro Analógico Eletrônico
2.4 Os Multímetros Digitais
2.4.1 Características e recursos dos Multímetros digitais
2.4.2 Funções especiais dos Multímetros Digitais 2.5 Bibliografia

Capítulo 3
Multímetros Digitais: Constituição e Princípio de Funcionamento
3.1 - Elementos Básicos de um Multímetro Digital
3.2 -O Condicionador de Sinal
3.2.1 - 0 Conversor Resistência/Tensão
3.2.2 - 0 Atenuador Resistivo
3.2.3 - Conversor Intensidade de Corrente/Tensão 3.2.4 - Conversor Alternada/Contínua
3.3- Conversor Analógico/Digital
3.3.1 - Os Circuitos Integrados "ICL 7106" e "ICL 7107...
3.4- Mostrador Digital (ou Display)
3.5 - Bibliografia

Capítulo 4
Multímetros Digitais:
Principais Tipos, Especificações e Características
4.1 -Classificação Geral dos Multímetros Digitais 4.1.1 Dimensões e Formatos
4.1.2 Seleção das Funções e dos Alcances
4.1.3 Princípio de Funcionamento
4.1.4 Apresentação dos Dígitos no Mostrador
4.2 Especificações dos Multímetros Digitais
4.2.1 Especificações Gerais
4.2.2 Especificações de Medição
4.3 Funções Adicionais dos Multímetros Digitais
4.3.1 Multímetros Digitais com Mostrador Duplo (ou Dual Display)
4.3.2 Multímetros Digitais com Interface de Comunicação RS-232C
4.4 Outros Tipos de Multímetros Digitais
4.5 Bibliografia

Capítulo 5
As Medições Básicas com os Multímetros Digitais (V, A, SZ)
5.1 Cuidados no Manuseio
5.1.1 Proteção do Instrumento
5.1.2 Proteção do Usuário
5.1.3 Símbolos de Advertência
5.2 Um Multímetro Digital Típico
5.2.1 As Partes de um Multímetro Digital
5.2.2 0 Mostrador do Multímetro Digital de 4 1/2 Dígitos
5.2.3 Os Símbolos de Advertência no Multímetro Digital de 4 1/2 Dígitos
5.3 Como Executar as Medições Básicas
5.3.1 Tensão Contínua
5.3.2 Tensão Alternada
5.3.3 Intensidade de Corrente Contínua
5.3.4 - Intensidade de Corrente Alternada
5.3.5 - Resistência
5.4 Manutenção do Multímetro pelo Usuário
5.4.1 Problemas Mais Comuns
5.4.2 Como Trocar as Pilhas ou a Bateria
5.4.3 Como Trocar o Fusível de Proteçao
5.4.4 Teste Funcional do Multímetro Digital
5.5 Bibliografia

Capítulo 6
Como Utilizar os Multímetros Automáticos (ou Auto-range) nas medições Básicas
6.1 Os Multímetros Digitais Manuais (ou "Manual-Range")
6.2 Os Multímetros Digitais Automáticos (ou "Auto-Range")
6.3 Um Multímetro Digital "Auto-Range" Típico 6.3.1 As Partes de um Multímetro "Auto-Range"
6.3.2 0 Mostrador de um Multímetro "Auto-Range"
6.4 Seleção Manual de Alcances em um Multímetro Digital Automático
6.5 As Medições Básicas com um Multímetro Digital Auto-Range
6.6 Bibliografia

Capítulo 7
Multímetros Digitais com Gráfico de Barras ou "Bar Graph")
7.1 O que é para que serve o "Gráfico de Barras"
7.2 Um multímetro Digital com Gráfico de Barras Típico
7.2.1 O mostrador Digital do DMM com Graficos de Barras
7.2.2 A Chave Seletora de Funções no DMM com Gráfico de Barras
7.2.3 As Teclas de Seleção de Funções no DMM com Gráfico de Barras
7.2.4 Os Bornes de Entrada do DMM com Gráfico de Barras
7.3 Como interpretar as Indicações do Gráfico de Barras
7.4 Aplicações Práticas para os DMM com Gráfico de Barras
7.5 Bibliografia

Capítulo 8
Medições e Testes em Diodos Semicondutores
8.1 O Teste Estático de Componentes Semicondutores com o Multímetro Digital.
8.2 A Função "Teste de Diodos": Princípio de Funcionamento e Características
8.3 Acessórios Úteis no Teste de Componentes Semicondutores
8.4 Medições em Diodos Semicondutores
8.4.1 Medições em Diodos Detectores,Retificadores,Varicaps, etc
8.4.2 Medições em Diodos Zener
8.4.3 Medições em Diodos Emissores de Luz
8.4.3 Medições em Diodos Emissores de Luz 8.4.4 - Medições em Pontes Retificadoras de Silício
8.5 Como Diferenciar Diodos de Silício e Diodos de Germânio
8.6 Identificação dos Terminais em Diodos Semicondutores
8.6.1 Como Identificar os Terminais de um Diodo 8.6.2 Como Identificar os Terminais de uma Ponte Retificadora de Silício
8.6.3 Como Identificar os Terminais de um Mostrador com Diodos Emissores de Luz
8.7 Testes em Diodos Semicondutores
8.8 Prova de Fuga em Diodos Semicondutores
8.9 Como Testar Diacs e Retificadores de Alta Tensão
8.10 A Função `Teste de LED"
8.11 Bibliografia

Capítulo 9
Medições e Testes em Transistores Bipolares
9.1 Tipos de Transistores Bipolares
9.2 Medições em Transistores Bipolares
9.2.1 Medições em Transistores de Germânio
9.2.2 Medições em Transistores de Silício
9.3 Como Diferenciar Transistores de Silício e Transistores de Germânio
9.4 Identificação dos Terminais em Transistores Bipolares
9.4.1 Como Identificar o Terminal da Base
9.4.2 Como Identificar os Terminais do Emissor e do Coletor
9.5 Como Determinar a Polaridade de um Transistor Bipolar (n-p-n, p-n-p)
9.6 Os Transistores "Darlington"
9.6.1 Medições em Darlingtons de Baixo Sinal
9.6.2 Medições em Darlingtons de Potência
9.6.3 Como Identificar os Terminais dos Transistores Darlington de Baixo Sinal
9.6.4 Como Determinar a Polaridade dos Transistores Darlington de Baixo Sinal
9.6.5 Como Determinar a Polaridade dos Transistores Darlington de Potência
9.6.6 - Como Identificar os Terminais dos transistores Darlington de Potência
9.7-Testes em Transistores Bipolares
9.8 - Prova de Fuga em Transistores Bipolares
9.9- Bibliografia

Capítulo 10
Medições e Testes em Transistores de Efeito de Campo
10.1 Os Transistores de Efeito de Campo e seu Manuseio
10.2 Os FET de Junção
10.2.1 Medições em JFET
10.2.2 Identificação dos Terminais em JFET
10.2.3 Como Identificar o Terminal da Porta
10.2.4 Como Identificar os Terminais da Fonte e do Dreno
10.2.5 Como Determinar a Polaridade dos JFET (Canal N e Canal P)
10.2.6 Como Diferenciar JFET Simétricos e Assimétricos
10.2.7 Testes em JFET
10.2.8 Prova de Fuga em JFET 8
10.3 Os MOSFET de Baixo Sinal 1-g
10.3.1 Medições em MOSFET de Porta Dupla, Canal N
10.3.2 Identificação dos Terminais em MOSFET de Dupla Porta, Canal N
10.3.3 Testes em MOSFET de Dupla Porta, Canal N
10.4 Os MOSFET de Potência
10.4.1 Medições em MOSFET de Potência
10.4.2 Identificação dos Terminais em MOSFET de Potência
10.4.3 Como Determinar a Polaridade em MOSFET de Potência (Canal N, Canal P)
10.4.4 Testes em MOSFET de Potência
10.5 - Bibliografia

Capítulo 11
Medições e Testes em Tiristores
11.1 Tipos de Tiristores
11.2 Os Retificadores Controláveis de Silício
11.2.1 Medições em R.C.S
11.2.2 Como Identificar os Terminais de um SCR
11.2.3 Testes em SCR
11.2.4 Como Verificar o Disparo em um SCR
11.3 Triacs
11.3.1 Medições em Triacs
11.3.2 Como Identificar os Terminais de um Triac
11.3.3 Testes em Triacs
11.4 Os Transistores Unijuncao
11.4.1 Medições em UJT
11.4.2 Como Identificar os Terminais de um UJT
11.4.3 Testes em UJT
11.5 Bibliografia

Capítulo 12
Medições e Testes em Circuitos Integrados
12.1 Circuitos Integrados que podem ser Testados facilmente com o Multímetro Digital
12.2 Os Fotoacopladores
12.2.1 Medições e Fotoacopladores
12.2.2 Como Identficar os Terminais de um Fotoacoplador
12.2.3 Testes em Fotoacopladores
12.2.4 Como Verificar o o Funcionamento de um Fotoacoplador
12.3 Os C.I. Reguladores de Tensão Fixa
12.3.1 Medições em C.I. Reguladores de Tensão Fixa
12.3.2 Como Identificar os Terminais de um C. I Regulador de Tensão Fixa
12.3.3 Como Identificar a Série (78XX ou 79XX) de um C.I. Regulador de Tensão Fixa
12.3.4 Testes em C.I. Reguladores de Tensão Fixa
12.4 Bibliografia

Fábio Flosi - --
>> Site: http://


LEIA TAMBÉM


Do Mesmo Tema:


Aprenda Álgebra Brincando

Circuitos & Soluções 5

Dicionário de Matemática-Edição 2003

Manutenção de Fontes Chaveadas Avançadas

Matemática para Eletrônica Problemas Práticos e soluções

Matemática Prática para Mecânicos


Copyright © 2006 Antenna Edições Técnicas - Produzido por Marcelo S. Macedo
Av. Marechal Floriano, 151 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20080-005
Tel: (21)2223-2442 - Fax: (21)2263-8840